domingo, 6 de outubro de 2013

Maquiagem

Todos os dias antes de cruzar a porta, ao olhar o grande espelho sabia que teria que voltar um pouco melhor, com um sorriso mais largo, uma palavra mais doce. Dava um pouco de si em cada sorriso, cama esticada, roupa lavada, camisa passada. E quando flutuava, leve, por tanto amar, viu o punho fechado vindo em sua direção. 
se olhou no espelho, cobriu o olho, sabia que seria um dia de cada vez. Tentando maquiar as dores da alma.

2 comentários:

Edu disse...

Só o verdadeiro amor poderá, não só curar as dores da alma, como fazer sua profilaxia.

Matheus YOGA disse...

Deve ser bom ser seu esposo, amor você tem.